Reinventando o seu Airbnb em Tempos de Crise

Sou membro de muitos grupos do Airbnb/Alojamento Local no Facebook e no Linkedin e, compreensivelmente, há muita preocupação com a sobrevivência dos nossos negócios como proprietários e gestores de propriedades.

Isto foi agravado pelo facto do Airbnb ter alterado a sua política de reembolso ao hóspede e, por sua vez, ter reembolsado a todos os hóspedes que já tinha feito reservas – independentemente da política de cancelamento que estava em vigor no momento da reserva.

Neste breve artigo, mostraremos como pode adotar uma abordagem diferente ao seu público-alvo e remarcar algumas destas semanas perdidas.

Propiedades Urbanas

Se as suas propriedades estiverem localizadas em alguma cidade, os próximos meses serão difíceis. Vamos ser sinceros, viajar para áreas densamente povoadas, de momento, não está no topo da lista de ninguém.

Mas os escritórios estão a fechar e as empresas estão a incentivar as suas equipas a trabalhar em casa.

O problema é que as escolas fecharam para que as crianças fiquem em casa e todos sabemos o quão difícil pode ser a concentração enquanto as crianças andam por aí a chamar constantemente pelos pais ou pelas mães.

Como proprietário ou gestor de uma propriedade no centro da cidade, tem a solução perfeita! Um espaço onde alguém pode trabalhar em casa, com wi-fi, em paz e sossego. Onde podem fazer chá e café, pequeno-almoço e almoço, conforme necessário.

  1. Este é o equivalente a um staycation. O seus clientes ideais, neste caso, estão à sua porta.
  2. A pessoa que faz o aluguer pode até pedir ajuda à sua empresa no cobrimento das despesas.
  3. E se não usarem os quartos, provavelmente não terão despesas com a lavandaria.

Sim, terá que fazer uma limpeza profunda desinfetante após a sua saída, mas alugar é alugar.

Como encontrar este tipo de hóspede

Comece com amigos e familiares. É possível já ter ouvido alguns deles a reclamar sobre a tentativa de trabalhar em casa no meio da confusão entre os desenhos animados na TV e os ‘estou aborrecido’ a cada dez minutos. Publique em grupos locais do Facebook, dizendo às pessoas que tem um espaço silencioso disponível para trabalho. Entre em contacto com sua Câmara de Comércio.

Propriedades Rurais

O maior segmento da população vive nas cidades e o Coronavírus ama cidades.
Muitas cidades já estão fechadas e muitas outras fecharão também.

Bloqueio significa estar fechado.

Se possui uma propriedade rural, está em condições de oferecer uma opção genuína de ‘Fuga para do país’ para as famílias preocupadas com a pandemia.

Isto pode ser especialmente atraente para as famílias com membros mais velhos. Os avós são mais suscetíveis aos problemas de saúde mais obscuros do vírus, portanto, uma mudança temporária para o campo pode ser benéfica em todos os aspetos.

  1. Há um risco menor de contrair a doença.
  2. Se a família tiver filhos jovens, poderão brincar na rua.
  3. Toda a família podem sair a caminhar juntos.
  4. A quarentena com espaço ao ar livre é muito mais agradável do que ficar trancado na cidade.

Mais uma vez, irá precisar de fazer uma limpeza profunda desinfetante na sua propriedade posteriormente, mas a limpeza após a saída dos hóspedes é melhor do que a limpeza após a propriedade ficar vazia durante meses.

Encontrar este tipo de hóspede

Mais uma vez, ouça os seus amigos e familiares. Talvez já conheça uma família preocupada e gostaria da opção que você pode oferecer.

Pense em reescrever os seus títulos e as suas listagens no Airbnb (e outros).

Procure grupos no Facebook onde possa dizer às pessoas o que tem a oferecer e as respetivas vantagens.

Seja realista

Os próximos meses serão muito difíceis para o setor de viagens e alojamento local.

É muito improvável que não consiga manter as suas taxas habituais, então pense em oferecer descontos.

Não sei dizer quantas vezes já ouvi ‘Prefiro ter o meu apartamentos vazio do que dar descontos’, mas agora é o momento certo para reconsiderar esta estratégia.

Aqui na Doinn, desejamos-lhe tudo de bom nestes tempos difíceis.