Doinn entrevistas: Vanessa da Rentals United

Our Story: Rentals United e Doinn – mais do que uma integração!

 

Estou realmente a divertir-me a fazer estas entrevistas a pessoas que têm sido importantes, para mim e para a Doinn, nas diferentes fases desta jornada de Startup.

 

Vanessa de Souza Lage é o tipo de pessoa que é generosa por natureza e “nós colhemos o que semeamos”, principalmente na nossa indústria onde é evidente que trabalharmos juntos torna-nos mais fortes e todos os fornecedores devem trabalhar em equipa para agregar valor para os Gestores de Propriedade e para o setor do Turismo que tanto amamos.

 

Desde o primeiro dia, a Vanessa fez com que eu me sentisse parte da sua vida, de sua / nossa indústria e até do seu palco, já que ela é a pioneira do movimento #tieonstage, promovendo mulheres como oradoras em eventos do setor do Alojamento Local.

 

A Vanessa também é uma empreendedora nata, muito conhecida na nossa indústria por fundar o Channel Manager Rentals United e Vrtech.

 

Rentals United foi uma das primeiras integrações na Doinn, e eu apresentei-a em vários eventos Vrtech, em várias cidades.

 

Há meses que estou a perseguir esta formiguinha atarefada para fazer esta entrevista. Espero mesmo que a Vanessa goste deste post tanto quanto eu estou a divertir-me a fazê-lo!

 

Noelia: Em primeiro lugar, como é que a Vanessa e a sua família estão a ultrapassar estes tempos de COVID-19?

 

Vanessa: Estamos perfeitamente bem, obrigada! É incrível como as pessoas conseguem se adaptar! Também temos a sorte de estar em Barcelona, ​​em que o período de confinamento não foi tão difícil ou tão longo quanto os outros … Os restaurantes estão abertos e o recolher obrigatório é às 22h – o que é ótimo quando se trabalha tanto quanto eu 🙂

 

Noelia: Na Vrtech, a Vanessa ajuda a promover Startups no setor do Alojamento Local e também já fundou várias startups. Nascemos empreendedores ou tornamo-nos empreendedores?

 

Vanessa: Nascemos empreendedores, mas temos de nos tornar empreendedores de sucesso!

 

Desde pequena quis ser uma empreendedora, sempre a ter novas ideias de negócios!
O primeiro: importar Dulce de Leche da Argentina para a França – eu adorava e não estava disponível nos supermercados franceses na época. Por isso pedia à minha irmã, que morava na Argentina, para enviar “banheiras”, mas em vez de vender, dava aos meus amigos 🙂  Então, sim! Sem dúvida que o impulso empreendedor nasce connosco, mas transformar as ideias em negócios de sucesso é algo que se aprende.

 

Como empresária tenho lutado muito, e muitas vezes cheguei a ter apenas 5 euros na carteira. Quem me dera ter procurado mentores desde o início: tantos erros poderiam ter sido evitados! A Rentals United é o meu 5º negócio e ainda continuo a aprender todos os dias. Essa é a grande vantagem de ser empreendedor … é sempre necessário Crescer: com os tempos, as circunstâncias, as mudanças do mercado!

 

Noelia: Como surgiu a ideia de fundar a Rentals United e qual problema está sendo resolvido atualmente?

 

Vanessa: Sinceramente, a Rentals United nasceu porque o meu negócio anterior estava a falhar. E não só o meu, os negócios dos nossos concorrentes também. Éramos OTAs (Online Travel Agency) de média dimensão, focados em Aluguer de Curta Duração e, com o aparecimento do Airbnb, VRBO e Booking.com, deixámos de conseguir que o marketing funcionasse. Além disso, tínhamos um problema de oferta/procura: éramos todos OTAs europeus, mas com diferentes pontos fortes no mercado. Então pensamos em trocar inventários e para isso precisávamos de um software de distribuição.

 

A Rentals United foi criada para nós próprios e conforme as reservas cresciam, abrimos para outros canais: o melhor é que ainda podíamos fazer a nossa comissão, mas deixar a VRBO, Airbnb, Booking.com pagar pelo tráfego B2C. O nosso primeiro investidor em 2014 viu o potencial e em 2015 deixamos as nossas agências para nos tornarmos Rentals United a tempo inteiro.

 

A nossa empresa resolve o aspeto de oferta e procura da indústria de Aluguer de Curta Duração. Trabalhamos com gestores profissionais de propriedades e oferecemos-lhes a oportunidade de anunciar as suas propriedades num grande número de OTAs, tanto globais quanto de nicho. Os gestores obtêm mais reservas, as OTAs obtêm mais propriedades para alugar. Todos ganham.

 

Noelia: O turismo foi muito afetado pela pandemia, mas na sua opinião, o setor do Aluguer de Curta Duração está a tornar-se mais fraco ou mais forte?

 

Vanessa: O crescimento da indústria ficou suspenso por um ano, assim como qualquer outra indústria vertical da área da hospitalidade. O nosso crescimento tem sido exponencial nos últimos dez anos e a cada ano estamos a tornar-nos mais profissionais, melhor organizados, a atrair mais áreas demográficas … não há razão para não continuarmos a crescer a um ritmo rápido.

 

Noelia: Em termos de produto, há algum recurso que os vossos utilizadores têm solicitado mais do que antes, desde que começou a Pandemia?

 

Vanessa: Recebemos muitos pedidos para canais de médio prazo (mais de 30 dias) no ano passado, os quais implementámos prontamente. Hoje em dia vemos um grande aumento de reservas de lazer, então estamos a construir um inventário do tipo outdoor e já assinámos contratos com os principais canais de glamping e camping.

 

Os gestores sempre pediram que adicionássemos um canal de reservas diretas ao nosso software e estamos felizes por lançar um modelo wordpress que pode ser usado com a nossa ligação com a Google para Alojamento Local.

 

Noelia: A Vanessa percebeu a mais valia da Doinn para o mercado desde o primeiro dia, quando ainda só prestava serviços em Lisboa e Barcelona. Do seu ponto de vista, o facto da Doinn agora estar disponível em mais de 600 cidades é realmente importante para ajudar os Property Managers a crescer ou a maioria deles tem uma estratégia mais local?

 

Vanessa: 600 cidades! Uau! O vosso crescimento astronómico é a confirmação de que tive o palpite certo sobre a sua empresa, quando nos conhecemos! O serviço de limpeza é muito difícil de escalar. Todos os grandes gestores de propriedades que conheço dizem sempre que esse é um dos maiores desafios a ser superado quando se começa a crescer. A vossa solução é para gestores com visão de futuro, é o trunfo que vai tornar o negócio mais forte! Go Doinn!

 

Noelia: Muito obrigada Vanessa! Sem dúvida, recomendo a todas as Startups da indústria de Aluguer de Curta Duração que se inscrevam para ganhar o prémio Vrtech 2021 aqui.