4 dicas para a época baixa no alojamento local em 2017

4 dicas para a época baixa no alojamento local em 2017

E se ao invés de ter de baixar os preços durante a época baixa, valorizasse algumas características do seu alojamento local e dessa forma pudesse manter os mesmos preços?

Seguem aqui 4 dicas para valorizar o seu imóvel, mesmo na época baixa.

  1. Conhecer o seu cliente típico. Antes de mais, é crucial saber qual o seu cliente mais comum, já aqui mencionámos que este conhecimento é também importante para criar uma experiência única de contato. Desta forma consegue identificar os aspetos mais apreciados pelos hóspedes e, a partir daí, trabalhar essas características, valorizando o seu imóvel.
  2. Boa apresentação online e na vida real. Como em qualquer negócio, uma boa imagem é essencial. Na era da internet, uma boa imagem tem de ser nutrida também no ambiente online – fotografias de qualidade profissional é um imperativo. Só depois de atraído pelas fotografias, o cliente irá se informar melhor sobre o apartamento. Aposte numa decoração mais neutra e suave e num mobiliário minimalista, aliados a um toque mais pessoal, como uma estante de livros partilhada. Boa iluminação é fundamental!
  3. Boas reviews. Depois de encantado pelas fotografias, o viajante tipicamente procura pelas avaliações do apartamento (reviews) dadas por outras pessoas. Boas avaliações vêm de boas experiências, e estas só são alcançadas quando o objetivo de viagem do hóspede é cumprido. Há alguns aspetos que influenciam bastante essas avaliações, entre os quais: localização do apartamento, a organização e a limpeza, o conforto, bem como o profissionalismo de todo a equipa de atendimento (desde o momento da reserva, passando pelo transfer e o check in, e só finalizando com o check out).
  4. A qualidade dos serviços apresentados. É um erro pensar que quem se hospeda em alojamento local não procura a mesma qualidade que é oferecida em hotéis. Apostar em serviços de qualidade, seja nos serviços básicos, seja nos extras é primordial. Nos serviços básicos são considerados os mais requisitados, o wi-fi grátis (estudos apontam que o aspeto mais apreciado pelos viajantes, seja nas viagens de lazer seja nas de trabalho, é a internet gratuita e de alta qualidade), várias tomadas pela casa, bem como camas, colchões, toalhas e roupas de cama de qualidade superior e bem higienizados. Em relação aos extras, há alguns pequenos gestos que ajudam a melhorar ainda mais a experiência do viajante. Já aqui fizemos uma lista com 5 gestos super em conta que pode adotar e que farão os seus hóspedes se sentirem mais bem-recebidos e mais satisfeitos , a título de exemplo apontamos a oferta de um cartão dos transportes públicos, a disponibilidade de água fresca no frigorífico e uma garrafa de vinho de boas-vindas.

O que achou das nossas 4 dicas? Siga-as e coloque em alta o seu alojamento local, mesmo na época baixa.