10 tendências do mercado de alojamento local para 2017

2017-tendências-doinn-alojamento-local

O ano de 2016 já está quase a acabar e é altura de se fazer uma reflexão sobre como tudo correu e quais as expectativas para o próximo ano. Por exemplo, que ferramentas serão as mais utilizadas? Que serviços devo investir? Como manter ou melhorar as minhas reviews? Se está curioso para saber quais serão as próximas tendências no alojamento local em 2017, leia este artigo até fim.

Descubra, na seguinte lista, 10 pontos que deverá ter atenção para seguir sempre as últimas tendências para que o seu negócio prospere:

  1. Crie uma experiência única para o hóspede. Quando vamos de férias, um dos objetivos passa por melhorar algum aspecto das nossas vidas, seja fugir ao stress do dia a dia, buscar novas experiências de vida ou passar algum tempo com a família ou amigos. Compreender esse “problema” (razão da viagem) que o hóspede quer resolver ao escolher o seu apartamento é importante. Por isso, durante a estadia, tente criar uma experiência única, dirigida ao objetivo que o seu hóspede tem com esta viagem. Se o fizer, terá certamente excelentes reviews nos seus apartamentos. Por exemplo, imagine que, após questionar os seus hóspedes, chegou à conclusão que a maioria deles são estrangeiros que viajam em negócios e que optam pelo seu apartamento pela boa rede de transportes (fácil acesso ao centro da cidade). Que tal fornecer aos seus hóspedes mapas dos transportes, um cartão dos transportes públicos ou listas de espaços para ter reuniões de trabalho
  2. Hospitalidade! A hospitalidade envolve toda a experiência da hospedagem, desde o primeiro contato no momento da reserva, passando pelo check in e toda a experiência durante a hospedagem, finalizando somente com o check out. Isto demonstra a necessidade de escolher profissionais capacitados e com experiência no setor hoteleiro, que saibam lidar com os seus hóspedes e representar os seus interesses.A hospitalidade envolve alguns estágios:

    i. Definir o cliente ideal.
    ii. Influenciar as suas expectativas.
    iii. Entregar uma experiência excelente.
    iv. Nutrir e fortalecer ligações.

    Seguir estas etapas possibilita uma melhoria do contato com o hóspede e a sua experiência como um todo.

  3. Comunicação é fundamental e possuir um website é imperativo. A base de qualquer relação é a comunicação. Se não se comunicar bem, perderá clientes para alguém que o faça. No âmbito da dinâmica comunicacional, ter um website para o seu serviço é essencial, tanto para a partilha de informação, como para os agendamentos e gestão de reservas e também para a comunicação geral com os hóspedes. O website possibilita uma gestão mais eficiente do seu negócio, melhorando a sua experiência.
  4. Ter um vídeo de apresentação. Como diz o ditado “uma imagem vale mais do que mil palavras”. Um vídeo são várias imagens em movimento e permite que se transmita muita informação, de forma rápida e de fácil entendimento. Não tem, necessariamente, de ser algo caro. Desde que seja visualmente  apelativo e claro na transmissão da mensagem poderá ser uma ferramenta útil para gerar credibilidade nos seus clientes, algo que verá refletido nas suas vendas.
  5. Utilize o WhatsApp para ligar e enviar mensagens aos hóspedes. Milhões de pessoas no mundo utilizam o WhatsApp e este número não para de aumentar. Aproveitar esta ferramenta é útil para ter uma conversa com os seus hóspedes de maneira mais informal, criando uma maior empatia e fortalecendo a relação, na medida em que o hóspede sente que está a conversar de forma pessoal e direta com o gestor ou proprietário do apartamento.
  6. Converter mais visitantes da sua página web em mais reservas através de um bom branding, design e UX. Um site bonito e visualmente bem cuidado chama a atenção e destaca-se na multidão possibilitando também  uma maior confiança. Tal facilita o diálogo e traduz-se em mais reservas. Como exemplo de um modelo de website bem idealizado, veja esta infografia.
  7. Mudança do paradigma da globalização para a personalização. As pessoas procuram, cada vez mais, experiências personalizadas. Já não é suficiente enviar uma mesma mensagem padrão a todos os tipos de clientes, é preciso utilizar ferramentas mais inteligentes, ter mais dados sobre os hóspedes e personalizar a mensagem. Se souber de antemão o que os seus hóspedes procuram, será mais fácil suprir as suas expectativas.
  8. Personalizar o apartamento para dar um ar mais aconchegante e pessoal. Uma ótima ideia é ter uma estante de livros partilhada, onde os hóspedes podem ler os livros. Disponibilize livros que goste, que sejam diferentes, que transmitam alguma mensagem que vá ao encontro do seu negócio e ideais. Deixar algumas fotos de família também é uma boa forma de transmitir esta ideia e contribuir para experiência do hóspede agradável. No entanto, tenha em atenção para não tornar o ambiente demasiado informal, o segredo está em encontrar um equilíbrio entre um ambiente clean com alguns toques pessoais.
  9. Palavras a utilizar: Você/eu/nós, porque, descubra, diversão. Palavras a evitar: Maravilhoso, melhor, excelente, customer service, barato, orçamento. Estas são palavras que necessitam ser provadas com evidências, dizê-las apenas não faz automaticamente com que os hóspedes confiem no seu serviço.
  10. Possuir um bom welcomer. O Google apesar de ser uma ferramenta essencial, não “sabe” realmente quais são as atrações locais do momento. É importante encontrar alguém que o saiba. Um welcomer experiente e capacitado é o mais indicado, alguém que saiba lidar com pessoas, conheça e explique as especificidades do seu apartamento e que saiba informações sobre os pontos turísticos e atrações da cidade. Para um turista, obter informações vindas de um nativo são muito melhores do que qualquer pesquisa feita através da internet. Atualmente, os turistas procuram não só a típica atração turística, mas também uma autêntica experiência do local que estão a visitar e que só os residentes locais sabem recomendar.